Mensagem da Prefeita Fátima Gomes sobre o Dia Internacional da Mulher

Amamos empreender, lutar, cuidar e fazemos tudo isso amando, por isso somos mulheres! Adoramos o desafio de conquistar o que pode ser nosso, por direito ou vocação! É feminino. É coisa de mulher!

Guerreiras quixeloenses,

Estamos comemorando mais um ‘8 de Março – Dia Internacional da Mulher’. Nestes oito anos à frente da gestão, já falei sobre várias conquistas das mulheres pelo mundo e de toda a nossa história de lutas que nunca acabam, pois, sempre tem alguém que acredita e defende, publicamente, que devemos ganhar menos, trabalhar mais, aceitar tudo caladas e que as melhores oportunidades devem ficar para os homens. Essa visão está diminuindo, mas ainda não é o bastante para tirar as manchas vermelhas do sangue derramado por valorosas mulheres, que lutaram por nós, do lençol rosa que simboliza a cor do nosso sexo.

Hoje eu queria falar de algumas vitórias que as mulheres, filhas e mães quixeloenses conquistaram. Os exames de mamografia, as consultas e exames especializados; casas de alvenaria que substituíram as sofríveis casas de taipa; o cuidado com a saúde dos nossos filhos que agora nascem em maior quantidade em nosso hospital.

Toda mulher-mãe já ouviu o ditado que diz que “Quem a boca do meu filho beija, a minha adoça!”. A maternidade, dar a luz, é também coisa de mulher. Sabemos disso. E nesses dois mandatos como prefeita, investimos na educação das nossas meninas e das mulheres que passaram pelo NEJA; na qualidade da merenda escolar, em fardamento e material escolar de qualidade para a Educação Básica – a parte mais importante em todo processo de formação de nossos futuros profissionais. Mas não ficou apenas nisso. Implantamos e ampliamos, por merecimento, o programa Criança Feliz que valoriza o brincar. Retiramos milhares da condição de extrema pobreza, pois não há mulher que não sofra ao ver faltar comida. E só não fizemos mais por falta de ajuda por parte do Governo Federal.

A luta pela qualidade de vida tem sido casa a casa e nossas agentes de saúde estão vigilantes para que não falte atenção para as nossas mulheres.

Avançamos, anualmente, para atingir a meta de levar a saúde para mais perto da comunidade onde você, mulher, também pode realizar a coleta de material para exames perto de casa. Trouxemos a brinquedopraça onde nossas meninas podem brincar em segurança; o bolsa esporte também para meninas e temos um dos melhores times femininos da região Centro-Sul. E conquistamos a areninha que não é espaço exclusivo para os homens.

Cuidamos da segurança do transporte de vossos filhos com monitores atenciosos, acabando de vez com o transporte em pau-de-arara que angustia o coração de qualquer mulher. Foram tantas coisas que fizemos… Mas a nossa intenção era igualmente fazer nossas mulheres quixeloenses felizes ao verem os pequenos bem de saúde, com educação de qualidade, esporte saudável; enfim, seguras, pois não precisa ser mãe para amar, basta nascer mulher.

Muitas puderam participar de dezenas de cursos profissionalizantes e ganharam uma profissão. Para as nossas mulheres agricultoras, seus sonhados títulos de terra para que possam produzir sua própria comida e vender o excedente para alimentar vossas famílias, gerando uma receita a mais. Entregamos kits para os bebês e realizamos ensaio fotográfico para as futuras mamães acompanhadas pelo CRAS e lutamos diariamente para acabar com a violência contra a mulher.

Foram tantas ações e outro tanto de conquistas que relacionar todas tornaria esta mensagem ainda mais longa, mas , como disse, foram e são direcionadas para a mulher, seja ela mãe, criança, adolescente ou ainda uma linda bebezinha.

Como mulher e professora, sei que todas essas ações servem para tornar nossas mulheres quixeloenses mais livres para poderem trabalhar, estudar, escolherem suas profissões sendo senhoras dos seus próprios destinos e, por isso, me sinto feliz, pois a semente de um futuro, onde a mulher poderá ser o que quiser, está cada dia mais no nosso presente, sepultando de vez um passado cinza, encardido, que impedia que todas as cores, de todas as raças que nos formam como tipos humanos, revelem com toda a pompa e circunstância, o lindo tecido rosa que embala os nossos corações, pois carregamos em nós o mais puro amor incondicional que nunca se rende ou desiste.

Amamos empreender, lutar, cuidar e fazemos tudo isso amando, por isso somos mulheres! E não precisa que ninguém diga aonde poderemos ir, o que ser ou se podemos fazer, pois adoramos o desafio de conquistar o que pode ser nosso, por direito ou vocação! Sabemos disso desde que nascemos. É feminino. É coisa de mulher!

Feliz Dia Internacional das Mulheres quixeloenses.

Fátima Gomes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *